A moda é um mundo fascinante, muitos termos são usados diariamente, e o Fast Fashion é um deles, mas você sabe do que se trata?

Recentemente eu recebi uma pesquisa feita pelo pessoal da MindMiners que me deixou impressionada, pois na verdade, pouco sabemos sobre esse assunto. Apesar dele está presente no nosso dia a dia.

Foram entrevistadas mil mulheres, que compartilharam experiências e o que elas sabiam sobre Fast Fashion, e foi concluído que:

  • O termo é pouco conhecido pelas que consomem moda, mesmo a grande maioria tendo o hábito de comprar Fast Fashion.
  • O preço mais acessível faz com que essas peças acabem entrando no armário das mulheres.
  • Aquelas que evitam comprar nessas coleções, alegam que o consumismo é o principal motivo.
  • A marca de Fast Fashion mais desejada é a H&M.
  • Quase metade das participantes relataram ter tido uma experiência negativa em lojas de Fast Fashion.
  • As grandes influenciadoras desse mercado são as atrizes Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa.

O que realmente significa Fast Fashion?

De uma maneira bem simples, Fast Fashion é um padrão de produção onde tudo é pensado para ser produzido, consumido e descartado de maneira rápida, como o próprio nome já sugere.

No Brasil temos grandes empresas que investem nesse conceito como Renner (a mais lembrada entre as pesquisadas), C&A, Zara, entre outras.

E uma das principais lembranças que as mulheres têm, quando o conceito é explicado, é justamente o consumo compulsivo. Do tipo, “não estou precisando, mas vou comprar porque está barato”.

As parcerias com as Marcas de Luxo também é outro atrativo no Fast Fashion. Pois é uma maneira de consumir grifes caras, por um preço mais acessível.

Mas será que realmente consumir Fast Fashion é sinônimo de consumismo?

Será que não é possível encontrar boas peças nessas lojas, que sejam duradouras, e que possam nos acompanhar por muito tempo?

Eu trouxe esse post para o blog, pois ao ler esse estudo, comecei a me questionar, uma vez que consumo em lojas citadas nele.

Acredito que o consumismo é muito mais uma questão de hábito, do que de padrão das marcas.

Eu mesmo já comprei peças nessas lojas que duraram muito. Acredito que é preciso encontrar as roupas e acessórios certos para você.

E você, o que acha? Me conta aqui nos comentários.

Beijos e até o próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.